Carrinho de compras
Seu carrinho está vazio

Atendimento

0

Troca Facilitada

Não serviu? 1ª Troca Grátis

Frete Grátis

*Consulte as regras de Frete

5% de Desconto

Para pagamentos no Pix

Parcele no Cartão

Até 6x Sem Juros

Site 100% Seguro

Seus dados protegidos

22/06/2023

A Presença dos Jovens no Campo: Benefícios, Inovação e Perspectivas para o Agronegócio


 

 


CAROLINA NOGUEIRA RIBEIRO| Publicado: 22/06/2023 às 16:44


 

O agronegócio é uma das bases fundamentais da economia, fornecendo alimentos e recursos naturais essenciais para a sociedade. Ao longo dos anos, o setor passou por uma série de transformações, incluindo avanços tecnológicos e inovações que aumentaram a produtividade e a eficiência. 

No entanto, uma das mudanças mais significativas está relacionada à presença dos jovens no campo, que a cada dia estão se fazendo mais presentes no agronegócio com novas sugestões de tecnologia para automatizar e otimizar cada vez mais os serviços e tarefas tradicionais do campo. 

Fatores que influenciam a demanda pelo agronegócio

Atualmente, há muitos motivos que influenciam não só esses jovens, mas as pessoas a embarcarem no setor do agronegócio, desde o histórico, a tradição, no interesse com o futuro promissor devido às novas tecnologias que vêm surgindo a cada dia.

Pensando em motivos, separamos alguns que achamos serem os principais que podem fazer as  pessoas, mas principalmente os, a se introduzirem no segmento para procurar uma melhoria de vida ou por paixão/hobbie, como: 

  • Êxodo rural: Por décadas, o êxodo rural tem sido uma realidade, com muitos jovens deixando o campo em busca de melhores oportunidades educacionais e de emprego nas áreas urbanas. 

Portanto, com a expansão da educação e os novos meios de ensino, como o Ead ou à distância, esses jovens agora têm a possibilidade de continuar seus estudos enquanto permanecem no campo. Isso tem gerado um equilíbrio entre a tradição e a modernidade, permitindo que eles se beneficiem dos avanços tecnológicos sem ter que deixar suas raízes no campo, que em muitos casos, são a sua casa, geralmente no interior ou em municípios das grandes cidades.

  • Tecnologia: A agricultura moderna está se tornando cada vez mais tecnológica, com o uso de maquinários avançados, sensores inteligentes, drones e análise de dados. Os jovens, muitas vezes familiarizados com as novas tecnologias, têm a capacidade de adotar e implementar essas inovações de maneira mais rápida e eficiente. 

Sua presença no campo traz uma mentalidade voltada para a tecnologia, permitindo o uso estratégico de ferramentas e sistemas para otimizar os processos agrícolas ou até mesmo os maquinários pesados agrícolas. 

  • Inovação: Com a presença dos jovens no campo, há uma maior propensão à inovação. Eles trazem novas perspectivas, ideias frescas e uma mentalidade empreendedora, o que impulsiona a busca por soluções criativas para os desafios enfrentados pelo setor agrícola.

Além disso, a introdução de produtos agrícolas diferenciados impulsiona o desenvolvimento econômico local, criando novas oportunidades de emprego e fortalecendo as cadeias de valor.

Leia também: 

Mulheres no campo: a importância da presença feminina no agro brasileiro

Agroturismo: O Potencial do Turismo Rural no Desenvolvimento Econômico

 

Benefícios e previsões

O agronegócio desempenha um papel fundamental na economia global, fornecendo alimentos e recursos essenciais para a sociedade. Nas últimas décadas, tem sido observada uma tendência de êxodo rural, com muitos jovens deixando o campo em busca de oportunidades nas áreas urbanas. No entanto, uma nova dinâmica está emergindo à medida que os jovens optam por estudar no campo por meio da modalidade de ensino a distância (EAD). Essa mudança está quebrando paradigmas e revitalizando a tradição agrícola, trazendo benefícios e inovações para o setor, por exemplo:

  • Aumento da produtividade: Com a adoção de tecnologias avançadas, os jovens são capazes de impulsionar a eficiência e a produtividade das operações agrícolas. Eles estão incorporando sistemas de automação, monitoramento remoto, inteligência artificial e análise de dados para otimizar os processos agrícolas. 

Além disso, sua familiaridade com dispositivos móveis e tecnologia facilita a comunicação e a tomada de decisões em tempo real, permitindo uma gestão mais eficaz das atividades no campo.

  • Agricultura sustentável: Com uma mentalidade voltada para a sustentabilidade, os jovens estão impulsionando práticas agrícolas mais amigáveis ao meio ambiente. Eles estão adotando técnicas de conservação de recursos, como o uso eficiente de água e energia, práticas de manejo do solo que visam a sua saúde a longo prazo e a implementação de sistemas agroflorestais. 

Além disso, os jovens estão buscando a redução do uso de agroquímicos e a promoção de métodos orgânicos, visando a preservação da biodiversidade e a produção de alimentos mais saudáveis.

  • Inovação e diversificação: Os jovens trazem consigo uma mentalidade empreendedora e estão dispostos a explorar novos nichos de mercado. Eles estão introduzindo ideias inovadoras, como a produção de alimentos orgânicos, agricultura urbana, agricultura vertical e agricultura de precisão

Essa busca pela diversificação da produção agrícola contribui para a resiliência do setor, reduzindo a dependência de culturas tradicionais e aumentando a segurança alimentar. Além disso, a introdução de produtos agrícolas diferenciados impulsiona o desenvolvimento econômico local, criando novas oportunidades de emprego e fortalecendo as cadeias de valor.

No futuro, espera-se que a presença dos jovens no campo continue crescendo, resultando em avanços ainda mais significativos para o agronegócio. Combinando conhecimento tradicional e moderno, eles têm o potencial de impulsionar a agricultura para novos patamares de eficiência, sustentabilidade e rentabilidade. Essa sinergia entre a experiência tradicional e a visão inovadora dos jovens promete transformar o setor agrícola, tornando-o mais resiliente às mudanças climáticas, mais eficiente na utilização de recursos naturais e capaz de atender às demandas crescentes por alimentos de qualidade.

Assim, a presença dos jovens no agronegócio é uma transformação positiva que está ocorrendo no setor. O êxodo rural está sendo substituído pela educação a distância, permitindo que os jovens permaneçam no campo enquanto buscam educação e oportunidades. Com sua habilidade de adotar tecnologias, mentalidade empreendedora e busca por inovação, eles estão trazendo mudanças significativas para a agricultura. A presença contínua dos jovens no campo promete um futuro brilhante para o agronegócio, impulsionando a produtividade, a sustentabilidade e a diversificação da produção agrícola.