Carrinho de compras
Seu carrinho está vazio

Atendimento

0

Troca Facilitada

Não serviu? 1ª Troca Grátis

Frete Grátis

*Consulte as regras de Frete

5% de Desconto

Para pagamentos no Pix

Parcele no Cartão

Até 6x Sem Juros

Site 100% Seguro

Seus dados protegidos

26/07/2023

Agricultura Regenerativa: Entenda mais sobre!


 

 

CAROLINA NOGUEIRA RIBEIRO| Publicado: 26/07/2023 às 11:06


 

A agricultura regenerativa é uma abordagem holística e sustentável para a produção de alimentos que visa melhorar a saúde do solo, a biodiversidade, a qualidade da água e a saúde geral do ecossistema agrícola. Em vez de simplesmente minimizar os impactos negativos no ambiente, a agricultura regenerativa busca ativamente restaurar e melhorar os recursos naturais, deixando o solo, os animais e as plantas mais saudáveis e resilientes ao longo do tempo. 

 

Princípios fundamentais da agricultura regenerativa: 

  • Cuidado com o solo: O solo é a base da agricultura,  e dentro da agricultura regenerativa, os produtores que praticam a método enfatizam a importância em ter cautela e cuidado com o recurso vital. Isso inclui práticas como a rotação de culturas(diferentes plantios), plantio direto, adubação orgânica, compostagem e uso de cobertura vegetal para proteger o solo da erosão e melhorar sua estrutura e fertilidade. 
  • Biodiversidade: A agricultura regenerativa valoriza a diversidade de plantas e animais no ecossistema agrícola. A presença de diferentes culturas, plantas e habitats naturais aumenta a resiliência do sistema como um todo, tornando-o menos suscetível a pragas e doenças.
  • Integração de animais: A inclusão de animais no sistema agrícola pode desempenhar um papel importante na regeneração do solo e na manutenção do equilíbrio ecológico. O pastejo planejado e a integração de animais na rotação de culturas podem ajudar na fertilização natural do solo, controle de ervas daninhas e ciclagem de nutrientes. 
  • Aumento da matéria orgânica: A matéria orgânica desempenha um papel fundamental na saúde do solo. Práticas de agricultura regenerativa, como compostagem e uso de resíduos vegetais, aumentam a quantidade de matéria orgânica no solo, melhorando sua estrutura, retenção de água e capacidade de suportar a vida microbiana que proporciona benefícios;
  • Uso Eficiente da Água: A conservação da água é essencial em qualquer sistema agrícola sustentável. A agricultura regenerativa busca métodos de irrigação eficientes, como água da chuva, para reduzir o desperdício e garantir o uso responsável dos recursos hídricos.
  • Enfoque local e regional: A agricultura regenerativa incentiva práticas adaptadas às condições locais e regionais, levando em conta fatores como clima, solo e cultura agrícola específica. A valorização do conhecimento tradicional e a colaboração com agricultores locais são aspectos importantes dessa abordagem. 
  • Mínimo uso de insumos externos: Embora não seja uma proibição total, a agricultura regenerativa busca minimizar a dependência de insumos externos, como fertilizantes sintéticos e pesticidas. Em vez disso, incentiva práticas naturais de manejo e métodos orgânicos de controle de pragas. 

 

A agricultura regenerativa é uma resposta a desafios ambientais e sociais enfrentados pela agricultura convencional, como erosão do solo, degradação da terra, perda de biodiversidade, esgotamento de recursos naturais e mudanças climáticas. Essa abordagem visa transformar a agricultura em um sistema mais resiliente sustentável e capaz de contribuir para a segurança alimentar global a longo prazo. Além dos benefícios ambientais, a agricultura regenerativa também pode ajudar a melhorar a renda e a qualidade de vida dos agricultores, criando sistemas agrícolas mais estáveis e sustentáveis. 

Veja a seguir, vídeo que a SuperInteressante fez sobre agricultura regenerativa para entender melhor sobre o assunto: 

 

 

A Agricultura Regenerativa pode recuperar ecossistemas e plantios? 

Sim, a agricultura regenerativa tem o potencial de recuperar ecossistemas degradados e melhorar a saúde dos plantios ao longo do tempo. Essa abordagem agrícola se concentra na restauração e no fortalecimento dos recursos naturais, como o solo, a biodiversidade e a qualidade da água, o que contribui para a recuperação de ecossistemas impactados pela agricultura convencional e outras atividades humanas.

 

Vamos explorar como a agricultura regenerativa pode contribuir para a recuperação de ecossistemas e plantios:

  • Recuperação do solo: Práticas de agricultura regenerativa, como rotação de culturas, uso de cobertura vegetal, compostagem e plantio direto, melhoram a estrutura e a saúde do solo. Solos degradados, com pouca matéria orgânica e compactação, podem ser restaurados por meio dessas práticas, tornando-os mais férteis e com maior capacidade de reter água e nutrientes.
  • Aumento da biodiversidade: A inclusão de plantas de cobertura, a rotação de culturas e a criação de habitats naturais na área agrícola favorecem a biodiversidade local. Isso permite que animais benéficos retornem ao ecossistema, controlando naturalmente pragas e melhorando a polinização das culturas.
  • Melhoria da qualidade da água: Ao promover práticas agrícolas que reduzem o uso de pesticidas e fertilizantes sintéticos, bem como evitam a erosão do solo, a agricultura regenerativa contribui para a melhoria da qualidade da água nos arredores das áreas de plantio.
  • Restauração de áreas degradadas: A agricultura regenerativa pode ser aplicada não apenas em terras agrícolas convencionais, mas também em áreas degradadas, como terrenos desmatados ou abandonados. Ao aplicar práticas regenerativas nessas áreas, é possível recuperar a vegetação, reabilitar o solo e restabelecer um equilíbrio ecológico mais saudável.
  • Fomento à resiliência: Ecossistemas recuperados por meio da agricultura regenerativa tendem a se tornar mais resilientes a perturbações ambientais, como secas, inundações e mudanças climáticas. A diversidade de culturas e plantas de cobertura e a melhoria da estrutura do solo ajudam a enfrentar desafios ambientais.
  • Reversão da erosão do solo: A agricultura regenerativa pode prevenir ou reverter a erosão do solo por meio da adoção de práticas de manejo que reduzem a compactação do solo e aumentam a quantidade de matéria orgânica, tornando-o mais estável e menos propenso a ser levado pela água das chuvas.

     

Embora a agricultura regenerativa seja promissora na recuperação de ecossistemas e plantios degradados, é importante ressaltar que os resultados podem variar dependendo das condições locais, do histórico de degradação e do compromisso dos agricultores com a implementação dessas práticas. A transição para a agricultura regenerativa pode exigir tempo, esforço e mudanças na mentalidade e nas práticas agrícolas tradicionais, mas os benefícios a longo prazo para o meio ambiente e a sociedade podem ser significativos.

 

Portanto, a agricultura regenerativa é uma abordagem holística e sustentável para a produção de alimentos que visa melhorar a saúde do solo, a biodiversidade e a qualidade do ecossistema agrícola. Por meio de práticas como rotação de culturas, aumento da matéria orgânica no solo, integração de animais, promoção da biodiversidade e uso eficiente da água, busca-se recuperar ecossistemas degradados e melhorar a resiliência dos plantios ao longo do tempo. Essa abordagem também ajuda a prevenir a erosão do solo e promover a saúde geral do ambiente, contribuindo para a segurança alimentar e a sustentabilidade a longo prazo.

 

A agricultura regenerativa vai além de minimizar os impactos negativos no meio ambiente, focando na restauração ativa dos recursos naturais. Ela pode recuperar ecossistemas degradados, melhorar a qualidade do solo, aumentar a biodiversidade e promover a resiliência das plantações. Ao valorizar práticas sustentáveis e adaptadas às condições locais, essa abordagem pode desempenhar um papel fundamental na mitigação de desafios ambientais enfrentados pela agricultura convencional, ajudando a criar um sistema agrícola mais saudável e equilibrado, tanto para os agricultores quanto para o planeta.

  • A partir de: R$ 249,90
    Comprar

    Calça Tática Country BRK Camuflado 01 UV35 + (Vira Bermuda)

    Proteja-se as suas pernas contra os raios solares, use calças BRK com UV35+!E o melhor: que viram bermudas facilmente para você estar sempre pronto para suas aventuras, garantindo uma experiência segura e satisfatória, garanta a sua!

  • A partir de: R$ 159,90
    Comprar

    Camisa Agro Brk Prova dos Três Tambores Estados Unidos com UV50+

    Compre agora a sua Camisa Agro Brk Prova dos Três Tambores Estados Unidos com UV50+, com proteção UV50+ homologada, estampas exclusivas e 1 ano de garantia. Frete grátis e pagamento em até 6x sem juros! Ideal para competições e treinos na arena.

  • A partir de: R$ 159,90
    Comprar

    Camisa com Capuz Agro BRK Azul Agronomia com UV50 +

    Compre camisa com capuz Agro Brk Azul Agronomia com proteção UV50+ na nossa loja online. Ideal para profissionais da área. Aproveite para garantir a sua!

  • A partir de: R$ 94,90
    Comprar

    Camiseta Agro BRK Força do Agro com UV50 +

    A peça ideal para você que trabalha no campo! Com a camiseta Made in Roça, além de proteger sua pele dos raios solares, ela ainda te deixa estiloso com nosso design diferenciado! Venha garantir a sua em nosso site!